SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue5The influence of sociodemographic and epidemiological characteristics on the functional capacity of elderly residents in the city of Ubá, Minas GeraisFunctional performance assessment of children with cerebral palsy according to motor impairment levels author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Physical Therapy

Print version ISSN 1413-3555On-line version ISSN 1809-9246

Abstract

FRANCESCHET, Joseli; SACOMORI, Cinara  and  CARDOSO, Fernando L.. Força dos músculos do assoalho pélvico e função sexual em gestantes. Rev. bras. fisioter. [online]. 2009, vol.13, n.5, pp.383-389.  Epub Nov 06, 2009. ISSN 1413-3555.  https://doi.org/10.1590/S1413-35552009005000054.

CONTEXTUALIZAÇÃO: O bem-estar sexual depende de músculos do assoalho pélvico (MAP) fortes o suficiente para manter a sua função. Durante a gestação, tanto a função sexual como a força dos MAP podem modificar-se. OBJETIVOS: Comparar o grau de força dos MAP e a função sexual em gestantes do segundo e terceiro trimestres. MÉTODOS: Pesquisa descritiva causal comparativa realizada com 37 gestantes de Florianópolis (18 do segundo e 19 do terceiro trimestre), com média de idade de 25,22 anos (±5,7 anos). Os instrumentos utilizados foram o Questionário Female Sexual Function Index (FSFI) e o Teste Manual da Musculatura do Assoalho Pélvico, utilizando a escala de Oxford modificada para graduação da força. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial (teste t independente, teste U de Mann Whitney, correlação de Spearman), nível de significância de 0,05. RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre a média dos valores dos postos do grau de contração dos MAP de gestantes do segundo e do terceiro trimestre (U=150,5; p=0,512). Todavia, a função sexual das gestantes do segundo trimestre de gestação foi melhor que as do terceiro (U=104; p=0,042), e o grau de contração dos MAP apresentou correlações estatisticamente significativas com a idade (ρ=0,320, p=0,041) e com o escore do FSFI (ρ=0,540, p<0,001). CONCLUSÕES: A função sexual diminuiu significativamente do segundo para o terceiro trimestre, enquanto que a força dos MAP não apresentou diferença entre os trimestres.

Keywords : função sexual; assoalho pélvico; gestação.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License