SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue3Self-controlled feedback enhances learning in adults with Down syndromeCross-cultural adaptation and reliability analysis of the Brazilian version of Pediatric Balance Scale (PBS) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Brazilian Journal of Physical Therapy

Print version ISSN 1413-3555

Abstract

NASCIMENTO, Carla M. C. et al. Efeitos do exercício físico sobre distúrbios neuropsiquiátricos e atividades instrumentais da vida diária em mulheres com doença de Alzheimer : um ensaio clínico controlado. Rev. bras. fisioter. [online]. 2012, vol.16, n.3, pp.197-204.  Epub Apr 12, 2012. ISSN 1413-3555.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552012005000017.

OBJETIVO: Analisar os efeitos de seis meses de intervenção de um programa de atividade física sobre os distúrbios neuropsiquiátricos e o desempenho nas atividades instrumentais da vida diária de idosos com Doença de Alzheimer (DA). MÉTODOS: Foram recrutados 20 pacientes nos estágios entre leve e moderado da DA. Segundo o escore clínico de demência (CDR), foram distribuídos em dois grupos: o grupo treinamento (GT), composto por dez mulheres que participaram de um program de exercícios físicos por um período de seis meses, e o grupo controle (GC), composto por dez outras participantes que não realizaram nenhum tipo de intervenção motora estruturada durante o mesmo período. Todas as participantes foram avaliadas por meio do Miniexame do Estado Mental, para obtenção da caracterização cognitiva; Inventário Neuropsiquiátrico, para identificação dos distúrbios neuropsiquiátricos mais prevalentes e Questionário de Atividades Instrumentais de Pfeffer, para verificação do grau de comprometimento funcional. RESULTADOS: Os participantes do GC mostraram uma deterioração tanto no desempenho das atividades instrumentais quanto na intensificação dos distúrbios neuropsiquiátricos, quando comparados os momentos pré e pós-intervenção. CONCLUSÃO: O GT demonstrou uma atenuação da intensificação dos distúrbios neuropsiquiátricos e do desempenho funcional em relação ao grupo sedentário.

Keywords : Doença de Alzheimer; atividade física; fisioterapia; distúrbios neuropsiquiátricos; atividades instrumentais; demência.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License