SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue5Gait characteristics of younger-old and older-old adults walking overground and on a compliant surfaceMusculoskeletal pain, profile and quality of life of individuals with sickle cell disease author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Brazilian Journal of Physical Therapy

Print version ISSN 1413-3555

Abstract

LIMA, Pedro O. P. et al. Validade concorrente da unidade de biofeedback pressórico e eletromiografia de superfície na mensuração da atividade muscular do transverso abdominal em pacientes com dor lombar crônica inespecífica. Rev. bras. fisioter. [online]. 2012, vol.16, n.5, pp. 389-395.  Epub July 24, 2012. ISSN 1413-3555.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552012005000038.

CONTEXTUALIZAÇÃO: A Unidade de Biofeedback Pressórico (UBP) é uma ferramenta de avaliação usada na prática clínica e pesquisa científica para analisar indiretamente a atividade muscular do transverso abdominal (TrA). A validade concorrente da UBP em uma amostra clinicamente relevante ainda não está esclarecida. OBJETIVO: Avaliar a validade concorrente e acurácia diagnóstica da UBP em mensurar a atividade muscular do TrA em pacientes com dor lombar crônica inespecífica. MÉTODO: Este estudo foi realizado usando um delineamento de validação. Cinquenta pacientes com dor lombar crônica inespecífica foram recrutados. Para testar a validade concorrente, ambas as medidas pressóricas (teste índice) e eletromiográficas superficiais (teste padrão de referência) foram comparadas e coletadas por um fisioterapeuta a partir de uma manobra de contração voluntária do músculo TrA. RESULTADOS: Os participantes tinham em média 22 anos, 63,7 kg, 1,70 m de altura, e a duração média de dor lombar era de 1,9 ano. Observou-se um coeficiente Phi fraco e não significativo (r=0,2; p<0,20). Com relação aos testes de acurácia diagnóstica, os resultados sugerem uma baixa sensibilidade (60%) e especificidade (60%) da UBP. O valor preditivo positivo foi elevado (0,8), e o valor preditivo negativo foi baixo (0,2). Conclusões: A validade concorrente da UBP em mensurar a atividade muscular do TrA em pacientes com dor lombar crônica inespecífica é pobre, considerando a baixa correlação e acurácia diagnóstica com a EMG de superfície.

Keywords : biofeedback pressórico; dor lombar; fisioterapia.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English