SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número6Evaluation of muscle regeneration in aged animals after treatment with low-level laser therapyHandgrip strength in elderly with dementia: study of reliability índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Brazilian Journal of Physical Therapy

versión impresa ISSN 1413-3555

Resumen

MARTINS, Lisandra V  y  MARZIALE, Maria H. P. Avaliação dos exercícios proprioceptivos no tratamento dos distúrbios do manguito rotador em profissionais de enfermagem: um estudo clínico controlado e randomizado. Rev. bras. fisioter. [online]. 2012, vol.16, n.6, pp. 502-509.  Epub 02-Nov-2012. ISSN 1413-3555.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552012005000057.

CONTEXTUALIZAÇÃO: A dor no ombro em profissionais de enfermagem pode acarretar limitação das atividades diárias e ocupacionais e interferir na qualidade de vida. OBJETIVO: Comparar o efeito da aplicação de dois programas fisioterapêuticos diferenciados pelos exercícios de propriocepção em trabalhadores de enfermagem com desordem do manguito rotador, segundo indicadores de qualidade de vida, satisfação no trabalho e intensidade da dor. MÉTODO: Trata-se de um estudo experimental, randomizado, prospectivo, comparativo, com análise quantitativa dos dados. A coleta de dados foi realizada no período de junho de 2010 a julho de 2011, por meio de um questionário sociodemográfico e profissional, questionário Western Ontario Rotador Cuff Index (WORC), Escala de Satisfação no Trabalho (Occupational Stress Indicator) e Escala Visual Numérica (EVN) para intensidade da dor. Após randomização, os sujeitos foram alocados em dois grupos. No Grupo 1 (controle), foram aplicados exercícios de alongamento, fortalecimento e crioterapia. No Grupo 2 (experimental), foram realizados os mesmos exercícios que no Grupo 1 acrescidos de exercícios proprioceptivos. Os dados foram analisados por meio do Statistical Package for the Social Science, versão 16.0 para Windows. RESULTADOS: Após os tratamentos fisioterapêuticos, houve melhora significativa da dor nos sujeitos dos dois grupos e da qualidade de vida nos trabalhadores do Grupo 2. Não houve alteração dos indicadores de satisfação no trabalho nos dois grupos. CONCLUSÕES: Os exercícios proprioceptivos foram importantes no tratamento dos distúrbios osteomusculares. No entanto, os resultados não permitiram inferir a melhor efetividade deles em relação ao outro tratamento, pois não houve diferença significativa entre os grupos. Ensaio clínico registrado no ClinicalTrials.gov NCT01465932.

Palabras llave : equipe de enfermagem; ombro; fisioterapia; qualidade de vida; satisfação no trabalho.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés