SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número3Remoção de matéria orgânica e sólidos suspensos por nova configuração de biofiltro aeróbio submerso no pós-tratamento de efluente de reator UASBEfeito do bicarbonato de sódio no tratamento de vinhaça em AnSBBR operado a 55 e 35ºC índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Engenharia Sanitaria e Ambiental

versão impressa ISSN 1413-4152

Resumo

ARAUJO, Leandro Santos de; DALL'AGLIO SOBRINHO, Milton  e  GEBARA, Dib. Transferência de oxigênio em reatores de leito fluidizado com circulação em tubos concêntricos em meios bifásico e trifásico com variação da relação entre diâmetros. Eng. Sanit. Ambient. [online]. 2010, vol.15, n.3, pp. 267-274. ISSN 1413-4152.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-41522010000300010.

A eficiência do reator de leito fluidizado com circulação em tubos concêntricos depende das condições hidrodinâmicas que influem na transferência de oxigênio ao biofilme. Este trabalho investigou a influência da relação entre diâmetros dos tubos e da concentração de meio suporte (areia), sobre o coeficiente global de transferência de oxigênio (KLa). Os ensaios - em reatores de 2,6 m de altura, com diâmetro externo de 250 mm e internos de 100, 125, 150 e 200 mm - empregaram vazões de ar até 2.500 L.h-1 e concentrações de até 150 g.L-1 de areia. O KLa aumentou ligeiramente com 30 g.L-1 e diminuiu para concentrações maiores, confirmando relatos da literatura em condições semelhantes. Um modelo para KLa em meio bifásico foi ajustado para as diversas relações ensaiadas entre a área externa e a interna, postulando-se uma redução na razão entre a transferência na fase líquida e o diâmetro da bolha com o aumento da vazão de ar.

Palavras-chave : leito fluidizado; reator aeróbio; transferência de oxigênio.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português