SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número3Operação de filtros biológicos percoladores pós-reatores UASB sem a etapa de decantação secundáriaPotencial da economia de água potável pelo uso de água pluvial: análise de 40 cidades da Amazônia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Engenharia Sanitaria e Ambiental

versão impressa ISSN 1413-4152

Resumo

SANTOS, Marinaldo Gomes dos  e  PEREIRA, Sueli Yoshinaga. Método AVI (Aquifer Vulnerability Index) para a classificação da vulnerabilidade das águas subterrâneas na região de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro. Eng. Sanit. Ambient. [online]. 2011, vol.16, n.3, pp. 281-290. ISSN 1413-4152.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-41522011000300011.

O presente artigo apresenta estudos para a classificação da vulnerabilidade àcontaminação das águas subterrãneas na região de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro. O método AVI (Aquifer Vulnerability Index) foi aplicado, utilizando-se o ferramental do Sistema de Informação Geográfica. O método AVI aplica o conceito de resistência hidráulica, dada pela somatória das taxas de espessura da zona não saturada pelas condutividades hidráulicas do meio. Os mapas resultantes mostraram que a região possui sensibilidade àcontaminação das águas subterrâneas, com classificações que variam de "Alta" a "Extremamente alta" (0-10 dias a 10-100 dias, respectivamente). Essa sensibilidade elevada ocorre pela existência de formações de elevada permeabilidade (areias) e níveis de água rasos, típicas ocorrências do delta do rio Paraíba do Sul. O índice vulnerabilidade Alta ocorre: (1) nas margens direita e esquerda do rio Paraíba do Sul, (2) oeste da área (região de confluência do rio Muriaé com o rio Paraíba do Sul), e (3) parte leste da área urbana de Campos dos Goytacazes. Os terrenos com índice de vulnerabilidade Extremamente alta estão localizados: (1) na porção norte (área do Aquífero Barreiras), (2) na área urbana de Campos dos Goytacazes e dos distritos de Saturnino Braga e Mucurepe, (3) porção leste da área, (4) em terreno entre o canal de Cambaíba e o canal de Andreza, e (5) na porção sul da área (Lagoa Feia). Os resultados mostram a caracterização de um importante parãmetro ambiental da região, pretendendo subsidiar políticas públicas para preservação, proteção e uso racional desse importante manancial subterrâneo.

Palavras-chave : vulnerabilidade de águas subterrâneas; aquíferos; Aquifer Vulnerability Index (AVI); Campos dos Goytacazes; Sistema de Informação Geográfica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português