SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue4Disinfection of rainwater by ultraviolet radiationRemoval of the odoriferous compounds geosmin and 2-methylisoborneol from drinking water by the processes of cascade aeration, air strippingand nanofiltration author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Engenharia Sanitaria e Ambiental

Print version ISSN 1413-4152

Abstract

LOPES, Ney Procópio; LARA, Márcia  and  LIBANIO, Marcelo. Quantificação em escala de bancada do volume de ar em ligações prediais de água. Eng. Sanit. Ambient. [online]. 2011, vol.16, n.4, pp.343-352. ISSN 1413-4152.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-41522011000400005.

A presente pesquisa em escala piloto, simulando trecho de uma rede interligada a um ramal predial, visou quantificar o volume de ar aferido pelos hidrômetros residenciais. Para tal fim, testaram-se ventosas, bloqueadores de ar e válvulas eliminadoras de ar. Sob condições normais de operação da rede, o volume de ar medido pelos hidrômetros é comparável ao encontrado na água natural, não justificando a instalação de equipamento de eliminação de ar de qualquer natureza. Todavia, logo após esvaziamento da rede interligada ao ramal, a sobremedição pode atingir até 21% em condições de pressão máxima na rede de distribuição (500 kPa). Por fim, verificou-se que a menor vazão afluente associa-se ao maior volume de ar aferido pelo hidrômetro. Dessa forma, é possível supor que os consumidores situados na menor faixa de consumo sejam os mais prejudicados pela situação de desabastecimento.

Keywords : presença de ar na água; eliminadores de ar; abastecimento de água.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License