SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número6Esporos de bactérias aeróbias são bons indicadores da eficiência do tratamento de água? Um estudo exploratórioRegras operativas ótimas do Sistema Cantareira para um período crítico de vazões índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Engenharia Sanitaria e Ambiental

versão impressa ISSN 1413-4152versão On-line ISSN 1809-4457

Resumo

NEVES, Mirna Aparecida et al. Ensaio em colunas de solo para estudo da influência dos resíduos finos de rochas ornamentais na qualidade da água. Eng. Sanit. Ambient. [online]. 2018, vol.23, n.6, pp.1111-1119.  Epub 22-Out-2018. ISSN 1413-4152.  http://dx.doi.org/10.1590/s1413-41522018173846.

A geração de resíduos finos provenientes do processo de beneficiamento de rochas ornamentais cresce na mesma proporção da produção de chapas para a construção civil. A adoção de medidas preventivas, remediadoras e punitivas está atrelada ao conhecimento do verdadeiro potencial que esses materiais têm para causar impactos negativos ao ambiente. O objetivo deste trabalho foi simular, em laboratório, possíveis alterações na qualidade da água de recarga de aquíferos provocadas pela disposição inadequada desses resíduos. Foram realizados testes de percolação de água em colunas de solo recoberto por resíduos com diferentes taxas de umidade: resíduos sem tratamento, saídos diretamente do tear (TE); resíduos que passaram por filtro prensa (FP) para redução de umidade e resíduos secos em leito de secagem (LS). A água de percolação foi analisada para avaliar alterações em comparação com um branco ou testemunha. Não foram detectadas alterações significativas no pH da água percolada em nenhum dos casos estudados. Porém, no tratamento TE houve alterações em vários parâmetros de qualidade. A água percolada através do resíduo FP se assemelhou àquela do TE em alguns parâmetros e à do LS em outros. ­Conclui-se que os resíduos saídos diretamente da boca do tear possuem alto potencial de degradação da qualidade da água, mas a redução de umidade é eficaz para reduzir os riscos ambientais. O uso de LS pode ser um método tão eficaz quanto o FP, se conduzido de forma adequada e respeitando as normas legais.

Palavras-chave : lama abrasiva; poluição da água; leito de secagem; filtro-prensa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )