SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número6Avaliação da eficiência de molhes guia-corrente curvos na Baía de Santos, São Paulo: modelagem físicaProjeto de otimização de sistemas anaeróbios para tratamento de esgoto em escala unifamiliar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Engenharia Sanitaria e Ambiental

versão impressa ISSN 1413-4152versão On-line ISSN 1809-4457

Resumo

FLORIPES, Túlio Cesar et al. Ocorrência de fármacos e desreguladores endócrinos em esgoto bruto e tratado na cidade de Belo Horizonte (MG). Eng. Sanit. Ambient. [online]. 2018, vol.23, n.6, pp.1199-1211. ISSN 1413-4152.  http://dx.doi.org/10.1590/s1413-41522018177703.

Os compostos de preocupação emergente (contaminants of emerging concern - CECs) atingem constantemente os corpos d’água via lançamento de esgoto sanitário, efluentes industriais e lixiviados de aterro, disposição inadequada de resíduos sólidos e escoamento superficial, ocasionando a poluição dos cursos d’água. Geralmente estes se encontram em concentrações da ordem de nanograma por litro ou micrograma por litro, dificultando sua análise ou onerando esse processo, demandando, assim, o desenvolvimento de técnicas de preparo e extração. Nesse contexto, destaca-se a Partição a Baixa Temperatura (EPBT), que se baseia na partição do analito de interesse entre fase aquosa e fase orgânica. Face ao exposto e à relevância do tema, o presente trabalho teve como objetivo avaliar, pelo uso da EPBT e cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas, a ocorrência de 16 CECs no esgoto bruto e no tratado de Belo Horizonte (MG).

Palavras-chave : fármacos; desreguladores endócrinos; esgoto bruto; esgoto tratado.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )