SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue2Children with Physical Disability, Down Syndrome and Autism: Comparison of Family Characteristics in the Maternal Perspective in Brazilian RealityTranslation and Transcultural Adaptation of the Self-Efficacy Scale for Teachers of Students with Autism: Autism Self-Efficacy Scale for Teachers (Asset) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Educação Especial

Print version ISSN 1413-6538On-line version ISSN 1980-5470

Abstract

FARIA, Paula Maria Ferreira de  and  CAMARGO, Denise de. As Emoções do Professor Frente ao Processo de Inclusão Escolar: uma Revisão Sistemática. Rev. bras. educ. espec. [online]. 2018, vol.24, n.2, pp.217-228. ISSN 1980-5470.  https://doi.org/10.1590/s1413-65382418000200005.

A efetivação do processo de inclusão escolar no Brasil envolve diversas questões referentes ao professor e às práticas pedagógicas. Embora tradicionalmente tenha sido dada mais atenção aos aspectos de formação e de capacitação intelectual, também é necessário compreender como os aspectos emocionais do professor repercutem sobre sua prática em sala de aula. Nesse sentido, este estudo teve o objetivo de realizar uma revisão sistemática nas publicações nacionais indexadas na base SciELO sobre as emoções do professor frente ao processo de inclusão escolar, no âmbito do Ensino Fundamental. A busca sistemática resultou na seleção de 10 artigos. Não foi localizado nenhum artigo com foco específico nas implicações dos aspectos emocionais do professor durante a inclusão escolar. Os estudos apontaram a presença de diversas emoções/afetos/sentimentos, tanto em relação ao trabalho pedagógico como em relação ao aluno com necessidades educacionais especiais. As emoções mais frequentemente mencionadas foram: impotência, insegurança, medo, angústia, desamparo e isolamento. Em geral, essas emoções foram relacionadas ao despreparo do professor para realizar o trabalho sob a perspectiva inclusiva. Foram ainda citadas emoções relacionadas ao vínculo entre professor e aluno (como amor, carinho e progresso), à necessidade educacional especial dos alunos (como medo e pena) e também vinculadas ao exercício da prática profissional (como desânimo, despreparo e solidão). A revisão sistemática aponta para a necessidade de mais investigações da temática, bem como a necessidade de criação de espaços para a expressão e a valorização das emoções do professor, contribuindo, dessa forma, para a efetivação da inclusão escolar.

Keywords : Educação Especial; Relação professor-aluno; Inclusão educacional; Emoções.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )