SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número1Concentração de macronutrientes na parte aérea do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) em função da compactação e classes de solosDefinição do tamanho amostral usando simulação Monte Carlo para o teste de normalidade baseado em assimetria e curtose. II.: abordagem multivariada índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

VILLELA, Tárique Eduardo Areco et al. Conseqüências do atraso na época de semeadura e de ensilagem do milho no valor nutritivo da silagem. Ciênc. agrotec. [online]. 2003, vol.27, n.1, pp.54-61. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542003000100006.

Objetivou-se com este trabalho verificar o efeito da época de semeadura e de corte das plantas para ensilagem, sobre características químicas e na degradabilidade ruminal da silagem de cultivares de milho. Foram avaliadas 9 cultivares de milho em duas épocas distintas no ano agrícola 1999/2000, em área experimental da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Em cada época foram testadas duas épocas de corte, e em uma delas a linha de leite apresentava-se na metade do grão, e na outra, a colheita foi realizada quando os grãos atingiram a maturidade fisiológica. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso com 4 repetições, sendo a parcela constituída de 4 linhas de 5 metros. À medida que as plantas das parcelas atingiam os estádios pré-estabelecidos de colheita, foram cortadas, picadas e ensiladas em silos de tubo de PVC. Cem dias após a ensilagem, os silos foram abertos e uma amostra da silagem foi retirada e seca em estufa a 55ºC até atingir peso constante. Posteriormente, as amostras foram moídas para a realização das seguintes avaliações: proteína bruta, fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA) e degradabilidade "in situ". Essa última avaliação foi realizada utilizando 4 bovinos fistulados e em dois tempos de incubação (24 e 96 h). Foi verificada a existência de variabilidade para a maioria das características estudadas, evidenciando a importância da escolha adequada das cultivares para a produção de silagem de qualidade. Essa escolha deverá ser em função da época de semeadura e de corte das plantas, em razão da presença da interação cultivares x épocas de semeadura e cultivares x épocas de corte para a maioria das características avaliadas. O atraso nas épocas de semeadura e de corte afetou negativamente a qualidade da silagem, verificando-se na semeadura realizada em novembro e no corte realizado na meia linha de leite menor teor de fibras da silagem e conseqüentemente maior digestibilidade.

Palavras-chave : milho; época de semeadura; época de corte; silagem; degradabilidade; Zea mays.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons