SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3Peroxidase (POD) e polifenoloxidase (PPO) em uva (Vitis vinifera L.)Teor lipídico e perfil de ácidos graxos da carne de capivara (Hydrochaeris hydrochaeris) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

GONCALVES, Rogério Amaro et al. Rendimento e composição química de cultivares de milho em moagem a seco e produção de grits. Ciênc. agrotec. [online]. 2003, vol.27, n.3, pp.643-650. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542003000300020.

O milho é uma das principais matérias-primas para a indústria de alimentos. Desse cereal, é possível obter óleo, fubá, canjica, grits, farelo, amido e zeína. Conduziu-se este trabalho com o objetivo de avaliar o rendimento de moagem a seco, produção de grits e composição química de 16 cultivares de milho. Os grãos de milho das 16 cultivares avaliadas tiveram a sua umidade padronizada para 12% e foram submetidos a um processo de limpeza em uma mesa gravimétrica. Encerrada a etapa de limpeza, foram colocados 10 kg de grãos de cada cultivar em degerminador de facas com rotação de 600 rpm por um período de 10 minutos. Após a degerminação, o endosperma foi passado por moinho de rolos corrugados com distância entre rolos de 30 mm. O material moído foi submetido à tamisação em peneiras de 14, 20, 25 e 30 mesh por um período de 10 minutos. Para a degerminação, o delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com um fator de 16 cultivares e 2 repetições. Na tamisação, o delineamento usado foi com dois fatores: 16 cultivares,  5 peneiras e 2 repetições. A cultivar BR-106, o híbrido duplo BRS-2114 e o híbrido triplo BR-3123 registraram maiores rendimentos (P<0,05) na fração endosperma. Na tamisação, a fração avaliada foi a retida em peneira de 20 mesh, por causa da utilização de grits com essas dimensões como matéria-prima na indústria de “snacks”. Os híbridos triplos BR-3123, BRS-3101 e BR 106 foram os mais produtivos na peneira de 20 mesh, sendo os mais indicados para a indústria  produtora de “grits”, fornecedora de matéria-prima para a indústria de alimentos, entre essas, as de “snacks”e a de bebidas.

Palavras-chave : milho; moagem; degerminação; processamento; rendimento; Zea mays.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons