SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número5Valor nutritivo do resíduo de própolis para frangos de corteEfeito das formas de apresentação do milho e do uso de pedrisco na ração, sobre o desempenho de frango de corte índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

SILVA, Marcelo Vieira da; ANDRADE, Messias José Bastos de; RAMALHO, Magno Antônio Patto  e  ALVES, Vandeir Gregório. Aplicação foliar simultânea de molibdênio e alguns defensivos agrícolas na cultura do feijoeiro . Ciênc. agrotec. [online]. 2003, vol.27, n.5, pp.1160-1164. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542003000500026.

Embora os efeitos benéficos da aplicação foliar de Mo na cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) já sejam conhecidos e estudados quanto a épocas, fontes e doses, persiste a dúvida sobre a possibilidade de emprego desse micronutriente associado a alguns defensivos agrícolas de uso freqüente. Com a finalidade de esclarecer essa dúvida, foram instalados três experimentos de campo, em um Latossolo Vermelho distroférrico típico da área experimental do Departamento de Agricultura da UFLA, Lavras-MG, nas safras do inverno-primavera 98, primavera-verão 98/99 e verão-outono 99. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com oito repetições e cinco tratamentos: 1- testemunha, 2- molibdênio foliar (80g ha-1 de Mo, fonte molibdato de amônio), 3- molibdênio foliar + inseticida monocrotofós (Nuvacron 400 a 0,75 L ha-1), 4- molibdênio foliar + fungicida benomyl (Benlate 500 a 0,5 kg ha-1) e 5- molibdênio foliar + herbicidas pós-emergentes fomesafen (Flex a 1,0 L ha-1) e fluazifop-butil (Fusilade a 1,0 L ha-1). A cultivar empregada foi a Carioca. Avaliaram-se o rendimento de grãos e os componentes do rendimento (número de vagens por planta, número de grãos por vagem e peso de cem grãos). Pela análise conjunta, verificou-se que o rendimento de grãos e o número de vagens por planta dos tratamentos com aplicação de Mo não diferiram entre si e superaram a testemunha em pelo menos 50%, inferindo-se que houve efeito positivo do micronutriente e que  as  misturas  empregadas  não  interferiram  na  sua atuação.

Palavras-chave : Adubação foliar; adubação molíbdica; fitossanidade; Phaseolus vulgaris.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons