SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número3Determinação de propriedades térmicas de grãos de milhoEfeitos de tempos e temperaturas de condicionamento sobre a qualidade fisiológica de sementes de cafeeiro (Coffea arabica, L.) sob condições ideais e de estresse térmico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

REZENDE, Pedro Milanez de et al. Efeito da semeadura a lanço e da população de plantas no rendimento de grãos e outras características da soja [Glycine Max (L.) Merrill]. Ciênc. agrotec. [online]. 2004, vol.28, n.3, pp.500-504. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542004000300003.

A busca de novas alternativas no sentido de aumentar a produtividade da cultura da soja tem sido o objetivo de vários pesquisadores. Com esse intuito, conduziu-se, num Latossolo Vermelho Escuro da Fazenda Canadá, em Jussara (GO), um ensaio utilizando sistema de semeadura (lanço e sulco) e populações de plantas (200, 300, 400, 500, 600 e 700 mil plantas.ha-1), com delineamento de blocos ao acaso em esquema fatorial (2 x 6), com três repetições. No sistema de semeadura em sulcos, as parcelas foram constituídas de 4 linhas, espaçadas de 50 cm, com área útil de 4,0 m2; mesma área útil foi utilizada para o sistema de semeadura a lanço. A semeadura a lanço proporcionou aumento no rendimento de grãos de 35,33% (1.128 kg.ha-1), em comparação com o sistema em sulcos. As diferentes populações alteraram significativamente o rendimento de grãos, com destaque para a de 400.000 plantas.ha-1, que apresentou também o menor índice de acamamento.

Palavras-chave : Soja; semeadura; lanço; sulco.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons