SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número4Qualidade da alface crespa minimamente processada acondicionada em atmosfera modificadaAvaliação química e aceitação da merenda escolar de uma escola estadual de Lavras-MG índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

SANGALLI, Andréia; VIEIRA, Maria do Carmo  e  ZARATE, Néstor A. Heredia. Resíduos orgânicos e nitrogênio na produção de biomassa da capuchinha (Tropaeolum majus L.) 'Jewel'. Ciênc. agrotec. [online]. 2004, vol.28, n.4, pp.831-839. ISSN 1413-7054.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542004000400015.

Realizou-se este trabalho com o objetivo de avaliar o crescimento, desenvolvimento e a produção de flores de Tropaeolum majus L., em função do uso de cama de frango e de resíduo orgânico misto, associados ou não ao nitrogênio. O trabalho foi desenvolvido no Horto de Plantas Medicinais - HPM, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, em Dourados - MS, no período de maio a outubro de 2002. Os tratamentos em estudo foram testemunha (solo normal) - T, nitrogênio (60 kg.ha-1 N, na forma de sulfato de amônio) - N, cama (15000 kg ha-1 de cama de frango semidecomposta) - CF, cama mais nitrogênio - CFN, resíduo misto (15000 kg ha-1) - RM e resíduo misto mais nitrogênio - RMN, dispostos no delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. As características avaliadas foram: altura das plantas, biomassa fresca e seca da parte aérea sem flores, biomassa fresca e seca das flores, número de flores, diâmetro e altura das flores, teor de N e P nas folhas e flores. A maior altura da planta foi de 36,33 cm no tratamento CF. As plantas do tratamento CFN apresentaram as maiores produções de biomassa fresca (52195,69 kg.ha-1) e seca (6281,14 kg ha-1) de parte aérea sem flores, e de biomassa fresca (3150,97 kg.ha-1), seca (232,17 kg ha-1) e de número de flores (50,49 milhões ha-1). Os diâmetros e os comprimentos das flores não variaram com os tratamentos utilizados. Os teores médios de N (33,0 e 32,0 g kg-1) e de P (1,9 e 3,3 g kg-1) nas folhas e nas flores, respectivamente, estiveram dentro daqueles citados para a espécie.

Palavras-chave : Resíduo misto; cama de frango; nutrição mineral; produtividade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons