SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número3Avaliação de cultivares e híbridos de bananeira no recôncavo baiano índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

BARBOSA FILHO, Morel Pereira; FAGERIA, Nand Kumar  e  ZIMMERMANN, Francisco José Pfeilsticker. Atributos de fertilidade do solo e produtividade do feijoeiro e da soja influenciados pela calagem em superfície e incorporada. Ciênc. agrotec. [online]. 2005, vol.29, n.3, pp.507-514. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542005000300001.

A aplicação de calcário no Sistema Plantio Direto (SPD) ainda não é uma prática bem definida. Assim, um experimento de campo foi conduzido na Embrapa Arroz e Feijão, localizada em Santo Antônio de Goiás, GO, para avaliar os efeitos de doses de calcário aplicadas na superfície e incorporadas ao solo sobre os atributos de fertilidade do solo e produtividade do feijoeiro irrigado (Phaseolus vulgaris L.) e da soja (Glycine Max (L.) Merril). O solo da área experimental foi classificado como Latossolo Vermelho distroférrico, tendo sido cultivado anteriormente, por quatro anos, sob SPD. Foram aplicadas três doses de calcário: zero, 1/3 e 3/3 da necessidade de calcário para elevar a saturação por bases a 60%. O delineamento experimental usado foi o de blocos casualizados com três repetições e esquema de parcelas subdivididas que variou com a característica avaliada: rendimento de grãos do feijoeiro e da soja, pH, teores de H + Al, Ca e Mg e porcentagem de saturação por bases. O experimento foi conduzido de 1999 a 2001. Em 1999 e 2001 o feijão foi semeado após a soja e, em 2000, após arroz. Em novembro de 2001 foi semeada a soja. No final do experimento, foram coletadas amostras de solo para análise nas camadas de 0-10, 10-20 e 20-30 cm de profundidade. A aplicação de calcário na dose calculada para elevar a saturação por bases a 60%, independentemente do sistema de aplicação (superficial ou incorporado ao solo), aumenta o pH e eleva os teores de Ca e Mg trocáveis das camadas de 0-10 e de 10-20 cm de profundidade, após 24 meses da calagem. A ação corretiva da acidez pela calagem, é mais acentuada na camada de 0-10 cm de profundidade independentemente se incorporado ou não ao solo. A aplicação de calcário, aumenta significativamente o rendimento médio de grãos do feijoeiro irrigado e mesmo o da soja em sucessão, devido ao seu efeito residual.

Palavras-chave : Plantio direto; calagem; acidez do solo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons