SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número1Correlações entre características morfológicas e produtivas em bananeira 'Prata-anã'Efeito de doses e épocas de aplicação de nitrogênio na indicência de doenças, produção e qualidade sanitária das sementes de arroz índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

COSTA, Frederico Henrique da Silva; PEREIRA, Maria Aparecida Alves; OLIVEIRA, Janiffe Peres de  e  PEREIRA, Jonny Everson Scherwinski. Efeito de agentes geleificantes alternativos no meio de cultura no cultivo in vitro de abacaxizeiro e bananeira. Ciênc. agrotec. [online]. 2007, vol.31, n.1, pp. 41-46. ISSN 1413-7054.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542007000100006.

Com este trabalho, objetivou-se avaliar a ação do ágar e sua substituição parcial e total pelo amido de mandioca na composição de meios de cultura de bananeira e abacaxizeiro. Gemas axilares de abacaxizeiro, cvs. Rio Branco e Quinari foram estabelecidas e avaliadas por quatro subcultivos quanto à multiplicação em meio de MS, suplementado com 2 mg.L-1 de BAP e 0,25 mg.L-1 de ANA, e os seguintes tratamentos: M1: ágar (5 g.L-1), M2: ágar (2,5 g.L-1) + fécula de mandioca (60 g.L-1), M3: fécula de mandioca (60 g.L-1), e M4: ágar (2,5 g.L-1) + fécula de mandioca (30 g.L-1). Num segundo experimento, por três subcultivos sucessivos brotações de bananeira da cv. Grand Naine foram avaliadas quanto à multiplicação em meio de cultura composto por: MM1: ágar (6 g.L-1) ; MM2: ágar (3 g.L-1) + fécula de mandioca (30 g.L-1); MM3: fécula de mandioca (60 g.L-1) e; MM4: meio de consistência líquida estacionário.Estes meios foram suplementados com 0, 2, 4 e 6 mg.L-1 de BAP. Para o abacaxizeiro, verificou-se quea substituição total do ágar pela fécula proporcionou resultados similares aos obtidos com o tratamento com ágar. Na combinação ágar + fécula os resultados foram inferiores aos obtidos com os solidificantes usados isoladamente. Para a bananeira, o uso isolado ou combinado da fécula com ágar não proporcionou melhora nas taxas de multiplicação. Os melhores resultados foram obtidos em meio com ágar e 2 mg.L-1 de BAP. O cultivo em meio líquido apresentou o menor índice de multiplicação.

Palavras-chave : Musa sp.; Ananas sp.; micropropagação; amido de mandioca.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português