SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número1Comportamento fotossintético durante a ontogenia foliar de clones de seringueira, [Hevea brasiliensis (Wild. ex. Adr. de Juss.) Muell. Arg.], em Lavras, MGPré-enraizamento de mudas de mandioquinha-salsa em diferentes bandejas e substratos com fungos micorrízicos arbusculares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

ARAUJO, Charles de; FONTES, Paulo Cezar Rezende  e  SEDIYAMA, Carlos Sigueyuki. Predição da produção do tomateiro cultivado em ambiente protegido e no campo. Ciênc. agrotec. [online]. 2007, vol.31, n.1, pp.98-105. ISSN 1413-7054.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542007000100015.

A produção dos cinco primeiros cachos de frutos do tomateiro foi utilizada no desenvolvimento de modelo matemático para estimar a produção obtida em nove cachos. Foram conduzidos seis experimentos, sendo quatro em ambiente protegido (A, B, C e D) e dois no campo (E e F), na Universidade Federal de Viçosa. Todos os experimentos constaram de dez tratamentos com doses diferenciadas de N que variaram de 0 a 1.953,7 kg./ha-1. Os dados de produção total acumulada de frutos até o 1º, 2º, 3º, 4º e 5º cacho dos experimentos C e E foram submetidos à análise de variância e modelos de regressão foram ajustados em relação à produção acumulada até o 9º cacho. A validade dos modelos propostos foi verificada com base na correlação (r) entre os dados observados e estimados pelo modelo e pela análise do quadrado médio dos desvios (QMD) e seus componentes aditivos. Os modelos propostos, baseados na produção acumulada até o 5º cacho, foram precisos em estimar a produção total de frutos acumulada no tomateiro com 9 cachos em ambiente protegido e no campo. Os modelos devem ser comparados e validados com dados de outros estudos. A análise do quadrado médio dos desvios (QMD) e seus componentes são úteis para verificar a validade de modelos de regressão através da quantificação dos desvios do modelo e identificação das causas desses desvios.

Palavras-chave : Lycopersicon esculentum; cacho; estimativa da produção.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons