SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número4Crescimento e percentual de emergência de plântulas de citrumeleiro 'Swingle' em função dos substratos e das doses de corretivo à base de Lithothamnium, após cem dias da semeaduraDesempenho de sementes de soja peliculizadas em solo com diferentes teores de água índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

LEDO, Ana da Silva; SECA, Giuseppe Serra Vieira; BARBOZA, Sarah Brandão Santa Cruz  e  SILVA JUNIOR, Josué Francisco da. Crescimento inicial de mangabeira (Hancornia speciosa Gomes) em diferentes meios de germinação in vitro. Ciênc. agrotec. [online]. 2007, vol.31, n.4, pp.989-993. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542007000400007.

O objetivo do trabalho foi determinar as condições mais favoráveis para a germinação in vitro de sementes e o crescimento inicial de plântulas de mangabeira. Após assepsia, sementes oriundas de frutos maduros foram inoculadas em tubos de ensaio contendo os seguintes tratamentos: T1-15 mL de meio de cultura MS; T2-15 mL de meio de cultura MS + 2,0 g L-1 de carvão ativado; T3-15 mL de meio de cultura ½ MS; e T4-15 mL de meio de cultura ½ MS + 2,0 g L-1 de carvão ativado. Todos os meios de cultura foram gelificados com 0,3 g L-1 de Phytagel® e suplementados com 3,0 g L-1 de sacarose. O experimento foi instalado em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e oito repetições, sendo cada parcela experimental composta de dez tubos de ensaio contendo uma semente cada. Não houve diferença significativa dos tratamentos para a porcentagem de germinação aos 20 dias, que variou de 95 a 100%. Quanto ao comprimento da raiz principal, observou-se que o meio de cultura constituído de ½ MS com 2,0 g L-1 de carvão ativado proporcionou maior crescimento quando comparado com os demais tratamentos. Aos 50 dias, não foi observada a formação de plântulas anormais e nem diferenças significativas do comprimento da parte aérea das plântulas. Entretanto, a diluição em 50% dos sais do meio MS associada à presença de carvão ativado induziu maior crescimento da raiz principal (8,50 cm) quando comparado com meio MS, na presença (6,19 cm) ou ausência (6,00 cm) de carvão ativado.

Palavras-chave : Propagação in vitro; meio de cultura; sementes; Apocynaceae.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons