SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue5Digestibility and protein retention of foods for blue-fronted parrot (Amazona aestiva)Effect of the substitution of the soybean meal for the starea 150S in the intake, production and composition of the milk author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência e Agrotecnologia

Print version ISSN 1413-7054

Abstract

LIMA, Fernanda Pinheiro et al. Efeito da adição de cloreto de cálcio sobre a qualidade espermática e atividade da aspartato amino transferase no sêmen resfriado de suíno. Ciênc. agrotec. [online]. 2007, vol.31, n.5, pp. 1506-1511. ISSN 1413-7054.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542007000500035.

O experimento foi realizado com o objetivo de testar dois processos de resfriamento de sêmen suíno, analisar o efeito da adição de CaCl2 ao diluidor BTS e testar o método de avaliação do perfil enzimático da Aspartato Aminotransferase (AAT) sobre a qualidade espermática. Foram utilizados 12 ejaculados suínos de animais procedentes do setor de Suinocultura - DZO/UFLA. Estes ejaculados foram diluídos e receberam diferentes concentrações de CaCl2 (A: 0,0; B: 2,5; C: 5,0 e D: 7,5 mM). As amostras dos ejaculados foram submetidas a três processos de resfriamento (1: convencional - 15º C ; 2: lento - 15º C/5º C; 3: rápido - 5º C), sendo que cada ejaculado ficou armazenado por um período de 72 horas para avaliações da qualidade espermática, constituindo os tratamentos experimentais. Os parâmetros seminais avaliados foram motilidade e vigor espermáticos e perfil enzimático da AAT. Houve diferença significativa (P<0,05) quanto aos níveis de CaCl2 para o parâmetro de motilidade espermática, sendo que níveis maiores deste sal apresentaram resultados mais favoráveis à motilidade espermática. Para as variáveis vigor espermático e para o perfil da AAT não foi observado efeito da adição deste sal. Quanto ao processo de resfriamento, foi observada diferença significativa (P<0,05) para os parâmetros de motilidade e vigor espermáticos. Para o perfil enzimático não foi observado diferença significativa (P>0,05). Conclui-se que a adição de CaCl2 melhora a motilidade espermática das amostras dos ejaculados suínos e que o processo de resfriamento lento substitui o processo convencional sem afetar a qualidade espermática do sêmen submetido à refrigeração. A avaliação da AAT não é válida para sêmen resfriado.

Keywords : Sêmen resfriado; suínos; parâmetros espermáticos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese