SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número2Pólen 2n e mecanismos meióticos de formação em Solanum commersonii sspProdução de cafeeiros Coffea arabica L. pés francos autoenxertados e enxertados em apoatã IAC 2258 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

BARBOZA, Valdenise Carbonari et al. Produção de biomassa de calendula officinalis l. adubada com fósforo e cama-de-frango. Ciênc. agrotec. [online]. 2009, vol.33, n.2, pp.478-483. ISSN 1413-7054.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542009000200018.

Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a influência do fósforo e da cama-de-frango semidecomposta na produção de capítulos florais da Calendula officinalis L. Os fatores em estudo foram cinco doses de fósforo (4,3; 25,8; 43,0; 60,2; 81,7 kg ha-1 de P2O5), na forma de superfosfato triplo e cinco doses de cama-de-frango semidecomposta (1.000; 6.000; 10.000; 14.000 e 19.000 kg ha-1). Para combinar o fósforo e a cama-de-frango, usou-se a matriz experimental Plan Puebla III resultando em nove tratamentos (25,8 e 6.000; 60,2 e 6.000; 25,8 e 14.000; 60,2 e 14.000; 43,0 e 10.000; 4,3 e 6.000; 81,7 e 14.000; 25,8 e 1.000; 60,2 e 19.000 kg ha-1 de P e cama-de-frango, respectivamente) no delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. A altura média final das plantas, aos 120 dias, ficou em torno de 60,0 cm, independente dos tratamentos. A produção máxima de capítulos florais da calêndula foi de 9.755,16 mil ha-1,obtida com o uso de 49,15 kg ha-1 de P2O5 associada a 13.401,10 kg ha-1 de cama-de-frango. A maior produção (11.058,89 kg ha-1)de massa fresca de capítulos florais de calêndula foi obtida com 49,98 kg ha-1 de P2O5 e 13.266,59 kg ha-1 de cama-de-frango. As produções máximas de massas secas de capítulos florais (2.227,61 kg ha-1) foram obtidas com 39,62 kg ha-1 de P2O5 e 8.109,75 kg ha-1 de cama-de-frango. Concluiu-se que para se obter maior produção de massa seca de capítulos florais, componente de maior importância comercial, a calêndula deve ser cultivada utilizando adubação com HH 40 kg ha-1 de P2O5 e H"  8.000 kg ha-1 de cama-de-frango.

Palavras-chave : Calêndula; nutrição mineral; resíduo orgânico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons