SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número2Abelhas (Hymenoptera: Apoidea) visitantes das flores de gliricídia no Recôncavo BaianoEnraizamento de miniestacas de espinheira-santa (Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek) em diferentes substratos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054versão On-line ISSN 1981-1829

Resumo

SILVA, Jandiê Araújo da et al. Efeito de extratos vegetais no controle de Fusarium oxysporum f. sp tracheiphilum em sementes de caupi. Ciênc. agrotec. [online]. 2009, vol.33, n.2, pp.611-616. ISSN 1413-7054.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542009000200039.

A fusariose é uma doença de grande importância para a cultura do feijoeiro em virtude da redução da produtividade. O controle da doença vem sendo realizado com aplicações indiscriminadas de fungicidas químicos, acarretando problemas ao homem e ao meio ambiente. Objetivou-se, no presente trabalho, avaliar o efeito de extratos vegetais no controle de Fusarium oxysporum f. sp tracheiphilum, proveniente de sementes de caupi, comparando-se com o efeito do fungicida químico. Utilizaram-se extratos de alho, angico e manjericão, isolados ou combinados entre si e ou em associação ao fungicida Mancozeb. Uma alíquota de 50 µL de cada tratamento foi adicionada em orifício feito no centro das placas de Petri com BDA, sobre o qual depositou-se um disco de micélio do fungo. Avaliou-se durante sete dias, medindo-se o crescimento micelial do patógeno. Sementes de caupi foram desinfestadas com hipoclorito de sódio a 4,0%, semeadas em sacos de polietileno contendo solo autoclavado. Oito dias após germinação, efetuaram-se ferimentos no colo das plântulas, aplicando-se suspensão de esporos do fungo (1,4 x 10-5 con/mL). As avaliações de severidade da doença foram realizadas diariamente durante 30 dias após a inoculação, utilizando-se escala de notas. Os extratos combinados de alho + manjericão e angico + manjericão não inibiram o crescimento micelial do fungo, enquanto o extrato de manjericão isoladamente, proporcionou o menor crescimento micelial, indicando a ação fungicida e inibitória desse tratamento sobre o fungo F. oxysporum f. sp tracheiphilum nas condições analisadas. O fungicida Mancozeb + o extrato de angico proporcionou menor média de severidade nas plantas avaliadas.

Palavras-chave : Vigna unguiculata; controle alternativo; fusariose.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons