SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número2Enraizamento de estacas de atemoieira (Annona Cherimola Mill. x A. squamosa L.) cv. Gefner submetidas a tratamento lento e rápido com auxinasÍndice de cobertura vegetal pela cultura do milho no período de chuvas intensas no sul de Minas Gerais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

OLIVEIRA, Marcelo Caetano de et al. Enraizamento de estacas de oliveira submetidas a aplicação de fertilizantes orgânicos e AIB. Ciênc. agrotec. [online]. 2010, vol.34, n.2, pp.337-344. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542010000200010.

Estacas semilenhosas de oliveiras 'Ascolano 315', foram preparadas com aproximadamente 12 cm de comprimento e quatro folhas, sendo, em seguida, tratadas, ou não, com 3000 mg L-1 de AIB por cinco segundos O experimento foi conduzido em casa de vegetação, com sistema de nebulização intermitente, sendo as estacas colocadas em bancadas de propagação, contendo a perlita como substrato. Antes do plantio das estacas, foram aplicados os fertilizantes orgânicos Biofertilizante e Nippoterra, nas dosagens 0, 20, 40 e 60 mL L-1. Os produtos foram aplicados nas parcelas experimentais com regador manual, em dosagem única. Passados 58 dias, foi mensurada a porcentagem de estacas com calo, enraizadas, enraizadas e/ou com calo, número médio de raízes e comprimento médio das raízes. Concluiu-se que a dosagem de 40 mL L-1 de Biofertilizante propiciou melhores resultados, com a utilização de AIB.

Palavras-chave : Olea europaea L.; olivicultura e propagação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons