SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número5Produtividade e longevidade de crisântemos, cultivados em hidroponia, em resposta a doses de cálcioObtenção de protoplastos de híbridos triplóides entre o capim-elefante e milheto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

PACHECO, Leandro Pereira et al. Profundidade de semeadura e crescimento inicial de espécies forrageiras utilizadas para cobertura do solo. Ciênc. agrotec. [online]. 2010, vol.34, n.5, pp.1211-1218. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542010000500019.

O uso do consórcio entre plantas de cobertura e culturas anuais, no Cerrado, tem sido prática cada vez mais difundida, pela possibilidade de implantação das forrageiras durante o desenvolvimento das culturas anuais, através da diferença de profundidade e sistema de semeadura. Objetivou-se, neste trabalho avaliar a emergência e algumas características agronômicas de quatro espécies de plantas de cobertura, em diferentes profundidades, visando ao seu emprego na consorciação e sobressemeadura em culturas anuais. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação, no delineamento experimental de blocos ao acaso, em arranjo fatorial 4 x 7, composto pelas plantas de cobertura Brachiaria brizantha, B. decumbens, B. ruziziensis e Panicum maximum cv. Tanzânia, e por seis profundidades de semeadura e um sistema de cobertura de sementes (0 sem cobertura, 0 com cobertura, 1, 4, 8, 10 e 15 cm). As sementes foram semeadas em vasos e as plantas cultivadas por 40 dias. Avaliou-se o índice e o tempo de emergência, a altura de plantas, a fitomassa verde e seca da parte aérea, a área foliar, a fitomassa seca radicular e a densidade de comprimento radicular. O maior desenvolvimento das plantas estudadas foi detectado nas semeaduras até 1 cm de profundidade. O P. maximum não apresentou aptidão para uso em consórcio com culturas anuais.Não se recomenda a semeadura das plantas de cobertura a partir de 10 cm.

Palavras-chave : Sobressemeadura; plantio direto; integração lavoura-pecuária; Brachiaria spp.; P. maximum.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons