SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número1Taxa de multiplicação e efeito residual de diferentes fontes de citocinina no cultivo in vitro de Hancornia speciosa GomesToxicidade de acaricidas a ovos e adultos de Ceraeochrysa cubana (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

PEREIRA, Carlos Eduardo et al. Tratamento fungicida e peliculização de sementes de soja submetidas ao armazenamento. Ciênc. agrotec. [online]. 2011, vol.35, n.1, pp.158-164. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000100020.

O tratamento de sementes de soja com fungicidas vem sendo utilizado como importante ferramenta no controle de patógenos. Nesse trabalho, objetivou-se estudar o desempenho de sementes de soja tratadas com fungicidas e peliculizadas, antes e após o armazenamento. Foram utilizados cinco lotes de sementes, cultivar Monsoy 6101, submetidos aos tratamentos: thiabendazole+thiram sem polímero, carbendazin+thiram sem polímero, sem fungicida (testemunha) sem polímero, além desses tratamentos realizados via peliculização (com polímero). A qualidade fisiológica e sanitária das sementes foi avaliada inicialmente e após seis meses de armazenamento em condições ambientais, pelas seguintes determinações: teor de água, teste de germinação, emergência em bandeja, teste de frio e de sanidade. Conclui-se que a peliculização, em associação com fungicidas, não afeta a qualidade fisiológica das sementes de soja e o tratamento de lotes de sementes de soja com os fungicidas thiabendazole+thiram e carbendazin+thiram melhora seu desempenho e qualidade sanitária.

Palavras-chave : Glycine max; thiabendazole; thiram; carbendazin; polímeros.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons