SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número4Atividade das enzimas invertases e acúmulo de sacarose em cana-de-açúcar sob efeito do nitrato de potássio, etefon e etil-trinexapacComposição química e efeito fumigante do óleo essencial de Lippia sidoides Cham. e monoterpenos sobre Tenebrio molitor (L.) (Coleoptera: Tenebrionidae) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

ALMEIDA, Elka Fabiana Aparecida et al. Conservação pós-colheita de inflorescências de copo-de-leite: pulsing com diferentes concentrações de sacarose e condições de armazenamento. Ciênc. agrotec. [online]. 2011, vol.35, n.4, pp.657-663. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000400003.

Copo-de-leite é uma espécie apreciada para uso em arranjos florais. Apesar da sua importância comercial, há pouca informação sobre a conservação pós-colheita de copo-de-leite. Dessa forma, neste estudo, objetivou-se determinar a melhor concentração de sacarose para pulsing e condições de armazenamento a frio para estender a durabilidade pós-colheita de copo-de-leite. Hastes florais foram submetidas a pré-tratamento (pulsing), usando 2, 4, 8, 12 e 16% de sacarose na solução, por 1 hora, mais um tratamento de armazenamento direto em câmara fria, sem pré-tratamento. Armazenamento a seco ou em solução com produto comercial Flower® foram também testados. Foi utilizado o delineamento experimental inteiramente casualizado com quatro repetições e três inflorescências por parcela. O comprimento e largura da espata foram medidos diariamente, sendo a partir desses, analisado o processo de abertura e senescência floral. Foi observado que o pulsing com sacarose foi eficiente para estender o processo de abertura e durabilidade de inflorescências de copo-de-leite. O armazenamento a seco por curto período (inferior a 6 dias) pode também ser utilizado, mas um pré-tratamento (pulsing) com 12% de sacarose por 1 hora ou manutenção em água pelo mesmo período é necessário. Para armazenamento em solução, é recomendado o pulsing com 5% ou 7,5% de sacarose.

Palavras-chave : Zantedeschia aethiopica; durabilidade; floricultura.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons