SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número4Produtividade de matéria seca e composição mineral do capim-tifton 85 sob diferentes doses de nitrogênio e idades de rebrotaçãoSoroprevalência e fatores de risco para Babesia bovis em rebanhos leiteiros na região sul de minas gerais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

SALES, José Nélio de Sousa et al. Produção de progesterona em novilhas Holandesas superovuladas e receptoras de embrião mestiças suplementadas com betacaroteno e tocoferol. Ciênc. agrotec. [online]. 2011, vol.35, n.4, pp.817-825. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000400023.

Dois experimentos foram conduzidos para avaliar o efeito da injeção intramuscular de betacaroteno associada ao tocoferol, na concentração plasmática de progesterona de novilhas Holandesas superovuladas (Experimento 1) e em novilhas cruzadas (Bos taurus x Bos indicus) submetidas à transferência embrionária em tempo fixo (TETF, experimento 2). No experimento 1, após a sincronização do estro e superovulação, os animais foram inseminados entre 12 a 24 h após o início do estro e os embriões recuperados após 7 dias. As novilhas foram divididas, aleatoriamente, em 1 de 3 tratamentos: Controle (duas injeções de soro); T800 (800 mg de betacaroteno mais 500 mg de tocoferol) e T1200 (1.200 mg de betacaroteno mais 750 mg de tocoferol). Os tratamentos foram administrados no dia da colocação do implante de progesterona e repetido no primeiro dia da superovulação. As colheitas de sangue foram realizadas no D0, D5, D9, D12 e D16. No experimento 2, os tratamentos foram realizados no momento da inserção do dispositivo de progesterona (D0). Utilizou-se o mesmo delineamento do experimento 1. A colheita de sangue para a determinação da progesterona por radioimunoensaio foi realizada no D17 (inovulação embrionária). No experimento 1, a concentração plasmática média, após formação do corpo lúteo (média da soma de D12 com D16) foi de 13,7±1,8 ng/ml, 14,5±2,3 ng/ml e 10,8±2,3 ng/ml para os grupos Controle, T800 e T1200, respectivamente, e não diferiram (P=0,44) entre os tratamentos. No experimento 2, a concentração de progesterona nas receptoras, no dia 17, foi semelhante (P=0,11) entre os grupos controle (8,88±0,57 ng/ml), T800 (7,48±0,64 ng/ml) e T1200 (5,90±1,33 ng/ml). Os resultados indicaram que as injeções de suplemento com betacaroteno e tocoferol não influenciaram na concentração plasmática de progesterona em novilhas Holandesas doadoras de embriões e em novilhas cruzadas, receptoras de embrião.

Palavras-chave : Vitamina; reprodução; gado; transferência de embriões.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons