SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue3Development of clonal matrices of australian red cedar in different substrates under fertilizer dosesLand use and occupation analysis of Permanent Preservation Areas in Lavras County, MG author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência e Agrotecnologia

Print version ISSN 1413-7054

Abstract

PERES, Julio Cesar Fernandes et al. Avaliação de atividade antifúngica de extratos de macroalgas marinhas. Ciênc. agrotec. [online]. 2012, vol.36, n.3, pp. 294-299. ISSN 1413-7054.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542012000300004.

As macroalgas marinhas, por estarem sujeitas a numerosas interações biológicas e, por vezes, a condições abióticas extremas, desenvolveram, entre outros mecanismos de defesa, a capacidade de produzir substâncias biologicamente ativas. Assim, esses organismos produzem, principalmente, terpenos e fenóis. Entre outras, a atividade antifúngica, por sua importância na saúde humana e animal e na preservação de produtos agrícolas, tem sido objeto de diversos estudos. No presente trabalho, esta atividade foi investigada em dez extratos de macroalgas marinhas, por ensaios de bioautografia direta, frente ao fungo Colletotrichum lagenarium e por ensaio de difusão em disco, frente ao Aspergillus flavus. Os organismos estudados foram os seguintes: Stypopodium zonale, Laurencia dendroidea, Ascophyllum nodosum, Sargassum muticum, Pelvetia canaliculata, Fucus spiralis, Sargassum filipendula, Sargassum stenophyllum, Laminaria hyperborea e Gracilaria edulis. Os extratos de S. zonale, L. dendroidea, P. canaliculata, S. muticum, A. nodosum e F. spiralis inibiram significativamente o crescimento de C. lagenarium, porém, não significativamente, o do fungo A. flavus. A presença de terpenos em todos esses extratos foi confirmada por cromatografia em camada delgada e a de compostos fenólicos, apenas nos extratos de P. canaliculata, A. nodosum e S. muticum. No estudo químico por cromatografia em coluna, seguido por análise em cromatógrafo a gás/espectrômetro de massas, foram identificados, em L. dendroidea, os terpenos neofitadieno, cartilagineol, elatol e obtusol e o éster hexadecanoato de etila. Esse é o primeiro relato sobre a atividade de extratos de algas frente a C. lagenarium, fungo de importância agrícola.

Keywords : Extrato etanólico; Colletotrichum lagenarium; Aspergillus flavus.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English