SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue4Sealing and explant types on the mangaba micropropagationEvaluation of turbidity measuring instruments using statistical process control author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência e Agrotecnologia

Print version ISSN 1413-7054

Abstract

CLEMENTE, Aline da Consolação Sampaio; CARVALHO, Maria Laene Moreira de  and  GUIMARAES, Renato Mendes. Adequação da metodologia do teste de tetrazólio para sementes de café recém colhidas e armazenadas. Ciênc. agrotec. [online]. 2012, vol.36, n.4, pp. 415-423. ISSN 1413-7054.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542012000400005.

A germinação de sementes de café ocorre de forma lenta e desuniforme e o teste de tetrazólio (TZ) pode ser uma alternativa rápida para a avaliação da viabilidade, desde que os procedimentos de preparação e embebição das sementes estejam estabelecidos. O trabalho foi realizado em duas etapas: na primeira, sementes recém-colhidas de cinco cultivares de cafeeiro foram submetidas a quatro metodologias para remoção do pergaminho: extração manual ou utilização de hipoclorito de sódio (NaClO a 5%) e dois períodos de embebição das sementes em água (36 e 48 horas) para a retirada dos embriões. Na segunda fase, foi comparada a remoção manual e a utilização de NaClO para a eliminação do pergaminho de sementes armazenadas para realização mensal do teste de tetrazólio durante seis meses. O hipoclorito de sódio não é eficiente para a extração total do pergaminho e afeta negativamente os resultados do teste de TZ em sementes de café com baixa umidade. O tempo de embebição de 48 horas facilita a extração dos embriões e não afeta os resultados do teste. O teste de tetrazólio em sementes de café, com diferentes níveis de umidade e deterioração, deve ser realizado com a remoção manual dos pergaminhos.

Keywords : Coffea arabica; viabilidade; pergaminho.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English