SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número5Atividade antioxidante, antocianinas e teor de ácidos orgânicos de sucos de uva produzidos no sudoeste de Minas Gerais, BrasilNíveis de inclusão de glicerol nas silagens de milho e girassol índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

ALLAMAN, Ivan Bezerra et al. Deposição de componentes químicos corporais na carcaça de linhagens de tilápia (Oreochromis sp.). Ciênc. agrotec. [online]. 2014, vol.38, n.5, pp.487-496. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542014000500008.

O conhecimento de como os animais depositam componentes químicos como água, proteína, gordura e cinzas na carcaça é importante para a formulação de uma dieta equilibrada, permitindo o máximo desempenho com baixo impacto ambiental. Logo, o trabalho foi conduzido, com o objetivo de avaliar a influência de diferentes linhagens de tilápia sobre a deposição de componentes químicos na carcaça. Os componentes corporais analisados foram água, proteína, gordura e cinzas. Para a determinação das curvas de deposição química corporal em função da idade foram ajustados os modelos exponencial, Brody, logístico, Gompertz e vonBertalanffy. Houve ajuste apenas do modelo exponencial para a água, tendo as linhagens UFLA e Comerciais as que depositaram numa velocidade mais rápida (P<0,05) em relação às demais linhagens. Quanto à proteína, a linhagem Vermelha foi a que teve menor peso à maturidade, estimado (49,37g) e foi mais precoce quanto à deposição máxima em relação as outras linhagens (Chitralada, UFLA e Comercial), no qual obtiveram peso a maturidade estimada em 231,5g e deposição máxima aos 337 dias de idade. Não houve diferença (P>0,05) dos parâmetros do modelo logístico entre as linhagens Vermelha,UFLA e Comercial para extrato etéreo, sendo a deposição máxima (0,23 g) aos 310 dias de idade. Em relação à deposição de cinzas, a linhagem Comercial teve maior deposição máxima (0,10 g) e, aos 337 dias de idade, sendo mais tardia em relação as outras linhagens que obtiveram deposição máxima de 0,033 g, aos 254 dias de idade. Portanto, conclui-se que as linhagens genéticas avaliadas diferem quanto às curvas de deposição química de água, proteína, extrato etéreo e cinzas.

Palavras-chave : Composição corporal; modelos não-lineares; peixe; crescimento.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons