SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número2Trocas gasosas e particionamento de carboidratos em mudas de café sob encharcamentoHemograma de rã-touro sob estresse de manejo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência e Agrotecnologia

versão impressa ISSN 1413-7054

Resumo

MARTUSCELLO, Janaina Azevedo et al. Identificação de ideótipos por meio de análise canônica em Panicum maximum. Ciênc. agrotec. [online]. 2015, vol.39, n.2, pp.147-153. ISSN 1413-7054.  https://doi.org/10.1590/S1413-70542015000200006.

O agrupamento de genótipos, via análise de variáveis canônicas, é importante ferramenta para o melhoramento e permite reunir indivíduos com características afins que, associadas ao melhor desempenho agronômico, podem ser indicativas do perfil ideal de planta para a região. Nesse sentido, objetivou-se definir, por meio do uso de análise canônica, o perfil agronômico de plantas de Panicummaximum adaptadas à região do agreste. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com 28 tratamentos, 22 genótipos de P. maximum e os cultivares Mombasa, Tanzânia, Massai, Milênio, BRS Zuri e BRS Tamanie trêsrepetições, em parcelas de 4 m². Foram realizados cinco cortes por parcela e avaliadas as características: altura de planta, massa seca total, massa seca de folhas, massa seca de colmos, massa seca de material morto, relação folha/colmo, porcentagem de folhas e densidade volumétrica da forragem.A análise de variáveis canônicas foi realizada com base na média fenotípica dos caracteres avaliados e na matriz de variâncias e covariâncias residuais. O genótipo PM34 apresentou maior média paramassa seca de folhas nas condições do Agreste Alagoano (em média, 53% superior aoscultivares Mombasa, Tanzânia, Milênio e Massai). Foi possível resumir a variação observada em oito caracteres agronômicos em apenas duas variáveis canônicas, que acumularam 81,44% da variação dos dados. O ideótipo de planta adaptada às condições do Agreste deve apresentar, além de alta produção de folhas, porte alto, alta porcentagem de folhas, alta relação folha/colmo e valores intermediários de densidade volumétrica de forragem.

Palavras-chave : Análise multivariada; valor genotípico; desempenho agronômico; massa seca de folhas.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )