SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue3Investigating the experience of living in a boarding school: positives and negatives aspects for the students developmentReligious experience in self-help groups: the neurotics anonymous example author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia em Estudo

Print version ISSN 1413-7372

Abstract

MOREIRA, Maria Helena Camargos  and  ARAUJO, José Newton Garcia de. Planejamento familiar: autonomia ou encargo feminino?. Psicol. estud. [online]. 2004, vol.9, n.3, pp. 389-398. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722004000300007.

Este trabalho está baseado em uma pesquisa desenvolvida numa unidade de saúde pública da prefeitura de Belo Horizonte, Minas Gerais. Ele visou acompanhar a implementação de grupos de planejamento familiar junto a uma população de baixa renda. Observou-se uma presença quase absoluta de mulheres, nesses grupos. Entrevistas com essas mulheres e com os profissionais daquele programa mostraram que a prevalência feminina nos grupos estava relacionada a atitudes ou valores culturais, bem como às condições de funcionamento da unidade. Isso, no entanto, não significava a autonomia das mulheres, na escolha do método contraceptivo, pois elas permaneciam subalternas aos parceiros sexuais. Pesquisas documentais também revelaram alguns equívocos e lacunas nas políticas públicas, tanto no texto do programa em questão quanto no modo de sua implantação, o que sugere a ambigüidade das práticas ligadas à construção dos direitos reprodutivos no Brasil.

Keywords : planejamento familiar; gênero; direitos reprodutivos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese