SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue4The knowledge and perceptions of HIV positive children and their parents or responsibles about AIDSStress in teachers from government public schools of fundamental education author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia em Estudo

Print version ISSN 1413-7372

Abstract

SOUZA, Maria Abigail de  and  CASTRO, Rebeca Eugênia Fernandes de. Agressividade infantil no ambiente escolar: concepções e atitudes do professor. Psicol. estud. [online]. 2008, vol.13, n.4, pp. 837-845. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722008000400022.

Ao se abordar o tema da agressividade infantil no ambiente escolar é preciso considerar a participação dos envolvidos neste fenômeno: pais, crianças e professores. Tal abordagem vem sendo conduzida em projeto de pesquisa mais amplo, do qual o presente estudo representa um recorte, ao enfocar apenas o ponto de vista dos professores. O objetivo é analisar as concepções e atitudes relacionadas à expressão da agressividade infantil na escola. Realizou-se uma avaliação qualitativa, por meio de entrevistas individuais semidirigidas com 15 professores de uma escola pública da periferia de São Paulo. As atitudes mais citadas como agressivas envolvem rebeldia e agressão física entre alunos, sendo esta última a queixa que mais motiva o encaminhamento para ludoterapia. Em relação às estratégias de manejo, predominam atitudes envolvendo diálogo e compreensão. Os dados sugerem que subsiste preocupação do professor com as crianças, o que desperta nelas a esperança de obter atenção e cuidado.

Keywords : alunos agressivos; professores; ludoterapia.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese