SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue1The subject of university education: subjectivity and cultureClinic, the psychoanalytical interpretation and the field of experience author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia em Estudo

Print version ISSN 1413-7372

Abstract

ESPINDULA, Daniel Henrique Pereira; TRINDADE, Zeidi Araujo  and  SANTOS, Maria de Fátima de Souza. Representações e práticas educativas de mães referentes a filhos atendidos pelo Conselho Tutelar. Psicol. estud. [online]. 2009, vol.14, n.1, pp. 137-147. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722009000100017.

Este estudo investigou as representações das mães atendidas pelo Conselho Tutelar sobre “filhos que dão problema” e práticas educativas. Participaram do estudo 11 mães de adolescentes envolvidos com drogas, em situação de rua e/ou praticantes de pequenos delitos. Utilizou-se um roteiro de entrevista com questões de evocação e questões abertas. O material foi trabalhado a partir da análise temática de Bardin. A representação das mães apresenta elementos como incontrolável, influenciável, de mente fraca e rebelde. As causas do problema parecem ser, principalmente: as características pessoais e internas; as amizades e o meio de convívio; falta de controle; necessidade de obter bens e questões religiosas. Já as práticas estão embasadas no diálogo e conselho. Não obstante, na concepção das mães, a única prática capaz de resolver o problema dos filhos seria a internação. Como esta medida geralmente não compete ao Conselho Tutelar, há um descompasso entre o desejo das mães e as medidas aplicadas pelo Conselho para a resolução do problema.

Keywords : representação social; práticas de criação infantil; relações pais-criança.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese