SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3War, violence and death drive: not an obvious articulationTheory of mind, empathy and prosocial motivation in preschool children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia em Estudo

Print version ISSN 1413-7372

Abstract

PINHEIRO, Marina Assis  and  MEIRA, Luciano R. de Lemos. Psicologia discursiva e o sujeito do conhecimento: a singularidade como questão. Psicol. estud. [online]. 2010, vol.15, n.3, pp.603-611. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722010000300018.

Este artigo discute as possibilidades de aplicação da noção de singularidade no contexto da psicologia cognitiva. Investe-se nesta questão porque, dada a diversidade dos fenômenos humanos implicados na construção do conhecimento, é importante sabermos a partir de que condições os sujeitos se diferenciam enquanto intérpretes únicos e quanto a psicologia tem tradicionalmente enfatizado a importância dos fenômenos universais na cognição humana. Para tanto, recorremos ao campo de discussões sobre processos de produção de sentidos como via de acesso à construção da noção de singularidade. O artigo referenciou-se nas proposições do chamado "segundo Wittgenstein", a fim de subsidiar o diálogo entre a episteme da psicologia discursiva e a abordagem sócio-histórica de Vygotsky. Nosso objetivo foi destacar a importância que o singular pode produzir numa psicologia implicada com a subjetividade discursivamente construída e, ao mesmo tempo, única em sua potência de significação e redescrição de si mesma.

Keywords : Singularidade; sentido; psicologia discursiva.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License