SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue1Proposing an bakhtinian perspective in order to probe psychological worksScholl psychology in higher education: practices in the distrito federal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia em Estudo

Print version ISSN 1413-7372

Abstract

COUTINHO, Maria da Penha de Lima; ESTEVAM, Ionara Dantas; ARAUJO, Ludgleydson Fernandes de  and  ARAUJO, Lidiane Silva. Prática de privação de liberdade em adolescentes: um enfoque psicossociológico. Psicol. estud. [online]. 2011, vol.16, n.1, pp. 101-109. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722011000100012.

O Estatuto da Criança e do Adolescente contém artigos reguladores da prática do ato infracional e dos procedimentos socioeducativos que conduzem o adolescente à reflexão sobre o ato infracional cometido e seu futuro retorno ao convívio sociofamiliar. Objetivou-se apreender as representações sociais dos adolescentes em conflito com a lei acerca da prática socioeducativa com privação de liberdade. Participaram do estudo 50 adolescentes, os quais responderam a entrevistas com profundidade, as quais posteriormente foram submetidas à Análise de Conteúdo. Os resultados evidenciaram sete categorias empíricas: concepção da prática socioeducativa de privação de liberdade; descrição da instituição; imagem dos profissionais; percepção da imagem de si; experiência de vida; e manifestações biopsicognitivas e projeto de vida. As representações sociais apontaram que a prática não socializadora prevaleceu sobre a socializadora. Os participantes demonstraram que, se for justa e humanizada, a prática socioeducativa privativa de liberdade poderá obter êxito na ressocialização do adolescente e na superação da sua condição excludente.

Keywords : Adolescente em conflito com a lei; privação de liberdade; representações sociais.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese