SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número3A crise da subjetividade e o despontar das psicologias fenomenológicasSíndrome de Burnout: confronto entre o conhecimento médico e a realidade das fichas médicas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia em Estudo

versão impressa ISSN 1413-7372

Resumo

REBOUCAS, Melina Séfora Souza  e  DUTRA, Elza Maria do Socorro. Não Nascer: algumas reflexões fenomenológico-existenciais sobre a história do aborto. Psicol. estud. [online]. 2011, vol.16, n.3, pp. 419-428. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722011000300009.

O presente artigo, de caráter teórico, realiza um breve histórico do aborto no mundo, expondo os sentidos e significados dessa temática ao longo do tempo nas diversas sociedades e culturas, e mostra de forma mais específica como essa prática se desenvolveu e tem sido vista atualmente no Brasil. O estudo também se propõe a abordar a estatística do aborto no mundo, no Brasil e, especificamente, no Rio Grande do Norte. Por último, tece algumas reflexões à luz da perspectiva fenomenológico-existencial no sentido de abrir caminhos para uma compreensão do aborto enquanto fenômeno presente na vida e no cotidiano de algumas mulheres e uma possibilidade entre as várias que permeiam a existência da mulher.

Palavras-chave : História do aborto; mulher; psicologia fenomenológico-existencial.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português