SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue4The "horror propaganda" and the contemporary mass phenomenaThe creative act and the subject in the sublimation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia em Estudo

Print version ISSN 1413-7372

Abstract

STELKO-PEREIRA, Ana Carina; SANTINI, Paolla Magioni  and  WILLIAMS, Lucia Cavalcanti de Albuquerque. Punição corporal aplicada por funcionários de duas escolas públicas brasileiras: prevalence in two public schools. Psicol. estud. [online]. 2011, vol.16, n.4, pp. 581-591. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722011000400009.

Esse estudo identificou casos de alunos vítimas de agressões físicas por parte de funcionários de escolas brasileiras e verificou sua relação com características demográficas, depressão e engajamento escolar. Responderam ao Questionário de Investigação de Prevalência de Violência Escolar, ao Inventário de Depressão Infantil e à Escala de Engajamento Escolar 396 estudantes de duas escolas públicas. No total, 21 alunos foram agredidos fisicamente por funcionários (AFF). Houve diferenças significativas entre o grupo AFF e o dos que não foram agredidos fisicamente (NAFF). No primeiro houve maior proporção de alunos do sexo feminino, de alunos violentos com os pares e de alunos vítimas de colegas, e maior índice de depressão. Não houve diferenças significativas entre os grupos quanto aos aspectos idade, escolaridade, reprovação e engajamento escolar. Supõe-se que o aluno AFF apresente comportamentos de agressão aos colegas e funcionários da escola e que por isso seja agredido, o que o levaria a continuar sendo agressivo com os outros. Tal hipótese deve ser investigada em estudos futuros.

Keywords : Castigo corporal; violência na escola; violência por funcionários; maus-tratos.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese