SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2The systemic understanding of bullyingThe role of schemes in healthy elderly women's memory author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia em Estudo

Print version ISSN 1413-7372

Abstract

SCORSOLINI-COMIN, Fabio  and  SANTOS, Manoel Antônio dos. Família interdita: transgeracionalidade e subjetivação em três obras ficcionais. Psicol. estud. [online]. 2012, vol.17, n.2, pp. 255-266. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722012000200009.

O objetivo deste estudo foi discutir a transmissão psíquica geracional em duas obras do escritor Mia Couto: Antes de nascer o mundo (2009) e Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra (2003), e no conto A terceira margem do rio, de Guimarães Rosa (1962). As três obras são narradas pelos filhos e destacam a família como epicentro de uma trama de segredos, interditos e culpabilizações transmitidos de uma geração a outra, possibilitando a compreensão de que o seio familiar permite não apenas a organização das experiências emocionais, mas a também a transmissão de aspectos intersubjetivos aos quais nem sempre as personagens têm acesso. Os segredos ou a não revelação das verdadeiras histórias dos personagens são apenas uma das formas de transmissão, pois, mesmo ocultando o interditado, transfere-se algo, de modo que o não revelar também é uma maneira de destacar o interdito, aquilo que ainda não foi elaborado e que, por conseguinte, não recebeu inscrição psíquica.

Keywords : Transmissão psíquica entre gerações; família de origem; Psicologia e literatura.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese