SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Reversion of mathematics anxiety: some data from literatureThe issue of hospital institution discourses from the Lacanian psychoanalysis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia em Estudo

Print version ISSN 1413-7372

Abstract

OSMO, Alan  and  KUPERMANN, Daniel. Confusão de línguas, trauma e hospitalidade em Sándor Ferenczi. Psicol. estud. [online]. 2012, vol.17, n.2, pp. 329-339. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722012000200016.

Neste trabalho discutimos as ideias de confusão de línguas, de trauma e de hospitalidade no campo psicanalítico. Para Ferenczi, a relação adulto-criança é marcada por uma confusão decorrente de uma diferença de línguas, de forma que muitas vezes um não entende o outro. Nesse contexto, é possível a emergência do trauma patogênico. A experiência analítica, ao invés de levar o acontecimento traumático a domínios psíquicos melhores, pode reproduzir e até agravar o que foi vivido como catastrófico na infância. Neste sentido, o princípio de hospitalidade na clínica analítica é de suma importância para se evitar uma possível reprodução do trauma entre analista e analisando. Neste artigo utilizamos como referência principal a obra de Sándor Ferenczi, estabelecendo relações em alguns pontos com textos de Jacques Derrida e de Walter Benjamin, que discutem a origem da confusão de línguas e o problema da possibilidade da tradução.

Keywords : Ferenczi, Sandor; trauma psíquico; hospitalidade.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese