SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número30Escravos ameríndios e negros africanos: uma história conectada. Teorias e modelos de discriminação no império português (ca. 1450-1650)Ser mulato em Portugal nos primórdios da época moderna índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Tempo

versão impressa ISSN 1413-7704

Resumo

XAVIER, Ângela Barreto. "O lustre do seu sangue": bramanismo e tópicas de distinção no contexto português. Tempo [online]. 2011, vol.16, n.30, pp.71-99. ISSN 1413-7704.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-77042011000100004.

Este artigo visa analisar o modo como os discursos bramânicos que circulavam no espaço indiano (nos quais a pureza ritual e a endogamia eram topoi recorrentes) foram percebidos, experienciados e apropriados pelos agentes ao serviço da coroa de Portugal. Entre outros aspectos, interessa-me perceber em que medida é que esses discursos tiveram paralelo em (ou dialogaram com) os discursos linhagísticos que alimentaram os estatutos de limpeza de sangue, cada vez com maior expansão e aplicação no contexto metropolitano ibérico e seus respectivos territórios imperiais

Palavras-chave : Limpeza de sangue; nobreza; bramanismo.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons