SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue6EPIDEMIOLOGY OF TRAUMATIC INJURIES OF THE UPPER LIMBS IN A UNIVERSITY HOSPITALASSESSMENT OF THE REGENERATION CAPACITY OF SEMITENDINOSUS AND GRACILIS TENDONS author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Ortopédica Brasileira

Print version ISSN 1413-7852On-line version ISSN 1809-4406

Abstract

WATAYA, Erick Yoshio et al. AVALIANDO QUALIDADE DE VIDA DO PACIENTE COM ARTRITE NAS MÃOS PELO MÉTODO “TIME TRADE OFF”. Acta ortop. bras. [online]. 2018, vol.26, n.6, pp.374-378. ISSN 1413-7852.  http://dx.doi.org/10.1590/1413-785220182606199308.

Objetivo:

Artrite reumatoide é uma doença prevalente na população (0,5% a 1%), envolvendo tratamento tanto ortopédico, quanto reumatológico. A técnica do “Time Trade Off”, que determina a quantidade de anos que o paciente ou o profissional daria para ter sucesso absoluto em determinado procedimento, vem ganhando espaço nos protocolos modernos. Diante disto, comparamos a avaliação dada pelo paciente, pelo ortopedista e pelo reumatologista usando “Time Trade Off” e correlacionamos com repercussão clínica e escores já estabelecidos: Brief Michigan Questionnaire (Anexo I) e Disease Activity Score-28 (DAS-28) (Anexo II).

Métodos:

Estudo prospectivo com 37 pacientes diagnosticados com artrite reumatoide, que foram submetidos ao questionário “Time Trade Off” pelo ortopedista, pelo reumatologista e por um avaliador independente, e avaliação através do DAS-28 e do Brief Michigan.

Resultados:

Através da análise descritiva, notou-se medianas semelhantes entre ortopedista, reumatologista e paciente. Entretanto, evidenciou-se correlação fraca entre paciente e reumatologista, paciente e o Brief Michigan; e ortopedista e o DAS-28.

Conclusão:

Valores de mediana semelhantes demonstram “Time Trade Off” equivalentes entre ortopedista, reumatologista e paciente. Mas, diante das correlações fracas entre os escores, não foi possível substituí-los por uma escala única de avaliação. Nível de Evidência II, Estudo Prognóstico.

Keywords : Artrite Reumatoide/cirurgia; Mão/cirurgia; Qualidade de Vida; Inquéritos e Questionários.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )