SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3A conduta de política monetária do Banco Central e o efeito calendário no BrasilTrabalho infantil no meio rural brasileiro: evidências sobre o "paradoxo da riqueza" author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Economia Aplicada

Print version ISSN 1413-8050

Abstract

PEREIRA FILHO, Oliveira Alves; TANNURI-PIANTO, Maria Eduarda  and  SOUSA, Maria da Conceição Sampaio de. Medidas de custo-eficiência dos serviços subnacionais de segurança pública no Brasil: 2001-2006. Econ. Apl. [online]. 2010, vol.14, n.3, pp. 313-338. ISSN 1413-8050.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-80502010000300003.

Calculamos índices de custo-eficiência para os serviços estaduais de segurança pública no Brasil com um modelo de fronteira estocástica e dados longitudinais 2001-2006. Estimamos uma Translog com efeitos fixos e utilizamos os salários das polícias militar e civil e delegados como preços dos fatores de produção, e o inverso da taxa de homicídios como medida do produto, além de variáveis econômico-demográficas, mercado de drogas ativo e alocação dos recursos judiciais, policiais e penitenciários como explicativas das ineficiências. Os índices de ineficiência são maiores quanto maior a participação do mercado de drogas, a razão polícia militar/polícia civil, a taxa de abandono do ensino médio e a desigualdade de renda. Já as despesas com o judiciário e o número de vagas no sistema penitenciário reduzem tais índices. São Paulo é, em média, o estado mais custo-eficiente na provisão de segurança pública enquanto o Distrito Federal é o menos.

Keywords : Custo-Eficiência; Fronteira Estocástica; Segurança Pública.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese