SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue4O salário mínimo como instrumento de combate à pobreza extrema: estariam esgotados seus efeitos?O salário de reserva e a oferta de trabalho: evidências para o Brasil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Economia Aplicada

Print version ISSN 1413-8050

Abstract

RAMOS, Lauro; AGUAS, Marina Ferreira Fortes  and  FURTADO, Luana Moreira de Souza. Participação feminina na força de trabalho metropolitano: o papel do status socioeconômico das famílias. Econ. Apl. [online]. 2011, vol.15, n.4, pp. 595-611. ISSN 1413-8050.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-80502011000400004.

Este trabalho analisa o comportamento das mulheres cônjuges como participantes no mercado de trabalho metropolitano. Procurou-se mostrar que o entorno familiar em que a mulher se encontra influi sobre a sua decisão de fazer parte da força de trabalho e também afeta a importância relativa dos determinantes tradicionais. As evidências levantadas indicam que, de fato, famílias consideradas potencialmente pobres têm uma probabilidade mais alta de ter a mulher na força de trabalho. Esse diferencial, contudo, é substancialmente reduzido, e mesmo revertido, quando elas possuem filhos em idade pré-escolar. Daí a importância de política públicas que facilitem o acesso dessas mulheres ao mercado de trabalho, como a oferta de creches, de modo a possibilitar o resgate de suas famílias da pobreza.

Keywords : Mercado de trabalho; Participação Feminina; Determinantes do Ingresso.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese