SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número3Modelos e concepções de inovação: a transição de paradigmas, a reforma da C&T brasileira e as concepções de gestores de uma instituição pública de pesquisa em saúdeIdeologia, fetiche e utopia na saúde: uma análise a partir da saúde bucal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Ciência & Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1413-8123

Resumo

FLORES, Eliane Maria Teixeira Leite  e  DREHMER, Tania Maria. Conhecimentos, percepções, comportamentos e representações de saúde e doença bucal dos adolescentes de escolas públicas de dois bairros de Porto Alegre. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2003, vol.8, n.3, pp. 743-752. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232003000300008.

O objetivo desta pesquisa foi avaliar os conhecimentos, as percepções, os comportamentos e as representações relacionados à saúde bucal de adolescentes de escolas públicas de dois bairros de Porto Alegre, como também averiguar a possibilidade de participação destes como multiplicadores de saúde. Dois instrumentos de pesquisa foram utilizados: um questionário e a técnica dos grupos focais. Cinqüenta e três adolescentes constituíram uma amostra intencional. Para os adolescentes a doença cárie é representada pela dor de dente, e eles não consideram a cárie como doença, porque é comum, assim como a gengivite, que é percebida como um desequilíbrio. A negligência pessoal é considerada a principal causa da cárie e da gengivite, e a motivação para realizar a higiene bucal está vinculada à sociabilização. O dentista foi indicado como responsável pelo ensinamento do uso do fio dental e pelo reforço e aperfeiçoamento da técnica de escovação. Os adolescentes demonstram disposição em transferir os conhecimentos sobre saúde que receberam para seus colegas mais jovens.

Palavras-chave : Conhecimento; Percepção; Comportamento; Saúde bucal de adolescentes.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português