SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue6Pomeranian community and the use of pesticides: an unknown realitySociodemographic variables as determinant of the environment domain of quality of life of adolescents author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

CORREA, Natália Silveira et al. Monitoramento da ação genotóxica em trabalhadores de sapatarias através do teste de micronúcleos, Pelotas, Rio Grande do Sul. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2009, vol.14, n.6, pp. 2251-2260. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232009000600034.

Neste trabalho, investigou-se a frequência de micronúcleos em células esfoliadas da mucosa bucal de trabalhadores de sapatarias, na cidade de Pelotas (RS). O estudo constou de 54 trabalhadores de sapatarias expostos à cola e solventes e 54 controles. Avaliou-se a incidência de células com micronúcleos(CMN), binucleadas(CBN), núcleos ligados(CNL) e total de anomalias(TA), em 2.000 células por indivíduo. Elaborou-se um banco de dados no programa SPSS "for Windows" pelo teste de Mann-Whitney U, p<0,05. A média de anomalias entre os sapateiros foi 8.69±6.49CMN; 8,85±4,92CBN; 5,78±4,78CNL; 23,31±10,01TA, e nos controles 4,00±61617; 5,05CMN; 4,63±61617; 4,35CBN; 4,76±61617; 5,00CNL; 13,39±61617; 9,43TA (p=0,0001; p=0,0001; p=0,144 e p=0,0001, respectivamente). Avaliou-se a influência da idade, sexo, tempo de trabalho, renda familiar, fumo, bebida alcoólica, doenças dermatológicas, oftalmológicas, respiratórias e sistema nervoso central (SNC) no número de anomalias celulares. Esses não influenciaram; apenas observou-se que, na faixa etária de 15 a 29, foi maior o número de CNL do que em 45 a 72 anos e no tempo de trabalho de 0,1 a 10 anos apresentou mais CMN do que as outras faixas.

Keywords : Sapateiros; Micronúcleos; Genotoxicidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese