SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número5Oral health conditions of the elderly at the Lar Samaritano long-term-care facility in São Gonçalo-RJThe meaning that health professionals attribute to promotion of the health of adolescents índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Ciência & Saúde Coletiva

versión impresa ISSN 1413-8123

Resumen

GONCALVES, Helen et al. Perfil de trabalho urbano de adolescentes de 14-15 anos: um estudo populacional no Sul do Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.5, pp. 1267-1274. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000500020.

O objetivo deste artigo foi descrever os padrões de trabalho urbano em jovens de 14-15 anos do Sul do Brasil. O trabalho infantil foi caracterizado como qualquer atividade que resultasse em retribuição na forma de bens, serviços ou dinheiro. As análises foram estratificadas por sexo e nível econômico. Dos 4325 adolescentes entrevistados, a proporção de trabalho no último ano foi de 22,2%, sendo 27,7% para o sexo masculino e 17,0% para o sexo feminino. Essa proporção também foi maior para as classes D/E (30,0%) do que para as classes A/B (14,3%). A maioria dos adolescentes trabalhava fora de casa, aproximadamente metade começou a trabalhar antes dos 14 anos e cerca de 80,0% referiram trabalhar por interesse próprio. Apenas 1,0% tinha contrato ou carteira de trabalho, 30,0% trabalhavam mais de seis horas por dia, e a renda média foi menor do que R$ 150/mês. Os serviços domésticos predominaram entre os mais pobres. Existe a necessidade de maior monitoramento do trabalho infantil e de intervenções que busquem o cumprimento da legislação vigente.

Palabras llave : Trabalho infantil; Adolescente; Proteção; Política social.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués