SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número9Avaliação da satisfação dos usuários e da responsividade dos serviços em municípios inscritos no Programa Mais MédicosA contribuição do Programa Mais Médicos: análise a partir das recomendações da OMS para provimento de médicos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Ciência & Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1413-8123
versão On-line ISSN 1678-4561

Resumo

LOTTA, Gabriela Spanghero; GALVAO, Maria Cristina Costa Pinto  e  FAVARETO, Arilson da Silva. Análise do Programa Mais Médicos à luz dos arranjos institucionais: intersetorialidade, relações federativas, participação social e territorialidade. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2016, vol.21, n.9, pp.2761-2772. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015219.16042016.

O artigo analisa o Programa Mais Médicos, adotando como referencial o conceito de arranjo institucional, compreendido como as regras, organizações e processos que definem o desenho específico de uma determinada política pública, estabelecendo a articulação entre os seus atores e interesses. A adoção desse conceito permite compreender a dinâmica dos atores participantes desse arranjo e como se articulam a governança, a construção da decisão e a governabilidade dos atores, bem como o reflexo de todos esses fatores no desempenho da política pública. O aprofundamento da análise baseou-se em quatro categorias, consideradas fundamentais, para se compreender um arranjo organizacional no caso brasileiro: a intersetorialidade, as relações federativas, a participação social e a territorialidade.

Palavras-chave : Arranjos institucionais; Programa Mais Médicos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf epdf ) | Inglês ( pdf epdf )