SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número3Correlação espacial entre o excesso de peso, aquisição de alimentos ultraprocessados e o desenvolvimento humano no BrasilFatores associados à qualidade de vida de brasileiros e de diabéticos: evidências de um inquérito de base populacional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência & Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1413-8123versão On-line ISSN 1678-4561

Resumo

ROSSANEIS, Mariana Angela et al. Fatores associados ao controle glicêmico de pessoas com diabetes mellitus. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2019, vol.24, n.3, pp.997-1005. ISSN 1413-8123.  https://doi.org/10.1590/1413-81232018243.02022017.

Investigar os fatores associados ao controle glicêmico de pessoas com diabetes mellitus (DM). Estudo transversal realizado com 746 pessoas com DM tipo 2 e 40 anos ou mais de idade. Elegeu-se as seguintes variáveis: socioeconômicas, dados clínicos, estilo de vida e o risco para o desenvolvimento de úlceras nos pés. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevista, análise do prontuário e exame clínico dos membros inferiores. Utilizou-se o modelo de regressão múltipla de Poisson para determinação das razões de prevalência (RP) brutas e ajustadas da alteração do exame de hemoglobina glicada (HbA1c), considerada como variável dependente desta pesquisa, sendo esta classificada como elevada quando o valor apresentava resultado superior a 7%. Identificou-se a elevação da HbA1c em 68,9% dos participantes e foi mais prevalente em indivíduos com idade entre 50 e 69 anos (RP = 1,38/IC95% = 1,09-1,75), os que faziam uso de insulina (RP = 1,35/IC95% = 1,24-1,47), obesos (RP = 1,14/IC95% = 1,03-1,25) e naqueles que possuíam risco de ulceração nos pés (RP = 1,14/IC95% = 1,09-1,28). Os indivíduos na faixa etária entre 50 e 69 anos, os que faziam uso de insulina, os obesos e os que possuíam risco de ulceração nos pés apresentaram maiores taxas de prevalência de alteração na hemoglobina glicada.

Palavras-chave : Diabetes mellitus; Hemoglobina A Glicosilada; Atenção primária à saúde; Enfermagem.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )