SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3O conceito de heterocentrismo: um conjunto de crenças enviesadas e sua permanência índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Psico-USF

versão impressa ISSN 1413-8271

Resumo

VELOSO, Fabrízio  e  FEITOSA, Maria Ângela Guimarães. O Ouvido Absoluto: bases neurocognitivas e perspectivas. Psico-USF [online]. 2013, vol.18, n.3, pp.357-362. ISSN 1413-8271.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-82712013000300002.

O Ouvido Absoluto, a capacidade de nomear tons sem uma referência externa, é comumente relacionada à cognição musical. Embora se note um crescente investimento em seu estudo, muitas questões ainda encontram-se pouco esclarecidas, tais quais: gênese, conceito, metodologias de estudo, aspectos estruturais e funcionais que o caracterizam. Esta revisão propõe-se a analisar os avanços recentes e limitações da área, considerando-se as bases metodológicas e teóricas, bem como pontos controversos que permeiam o tema, como a definição e origem da habilidade. Como conclusão, aponta-se a necessidade de delineamentos específicos para o estudo da cognição musical como um aliado importante para a melhor compreensão e elucidação dos problemas inerentes ao Ouvido Absoluto.

Palavras-chave : Ouvido absoluto; Cognição musical; Percepção musical; Neurociência cognitiva; Percepção auditiva.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons